Skip links

TÉCNICAS DE ATENDIMENTO

Psicóloga Fernanda Prando

Conheça as técnicas que utilizo em meus atendimentos:

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA (PNL)

Estudo dos processos conscientes e inconscientes que formam os padrões nos quais vivemos.

HIPNOSE CLÍNICA

Estado elevado de concentração ou atenção focada, onde se reduz a concentração periférica.

TÉCNICAS DE RESSIGNIFICAÇÃO

Quando o significado muda, nós mudamos também. E, principalmente, mudamos a nossa maneira de agir e encarar aquilo.

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO

Ajudar e trabalhar sua vida de forma sistêmica em todas as questões emocionais, comportamentais, relacionamento, carreira, profissão e interior.

CONSTELAÇÃO FAMILIAR

Método psicoterapêutico que estuda os padrões de comportamento de grupos familiares através de suas gerações.

TERAPIA INTEGRATIVA

Estado elevado de concentração com o objetivo específico de emagrecimento e reprogramação de crenças.

Entenda cada uma das técnicas no detalhe:

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA (PNL)

A PNL é o estudo dos processos conscientes e inconscientes que combinados formam os padrões nos quais as pessoas vivem. A técnica usa três principais bases, como a palavra já diz a “neuro” que compõem os nossos processos cognitivos (e aqui incluímos comportamentos e sentidos, já que é através deles que desenvolvemos significados), e “linguística” que é a forma como organizamos as ideias e nos expressamos, através da linguagem. E por fim a “programação” que é a forma como unimos nossas duas bases anteriores, resultando na forma como agimos no dia-a-dia.

Portanto a programação neurolinguística, tem o objetivo de estudar esses mecanismos, e a forma como foram formados, a fim mudar os padrões e trazer à consciência o que está acontecendo. Só assim é possível modificar um padrão que vem sendo repetido há tanto tempo. Através da PNL é possível fazer a modelagem desses processos já operantes no sujeito e então alcançar o objetivo desejado.

Importante salientar que a programação neurolinguística não é uma terapia, mas uma técnica/ferramenta que é somada ao processo terapêutico com o objetivo de trabalhar a comunicação interna e externa.

HIPNOSE CLÍNICA

A Hipnose nada mais é que um estado elevado de concentração ou atenção focada, onde se reduz a concentração periférica. Este estado é atingido através da indução hipnótica, que proporciona ao indivíduo uma maior resposta ao procedimento ou sugestão.

A Hipnose muitas vezes é necessária porque há algo chamado faculdade  crítica, que sempre nos faz questionar o que é real ou não (e aqui falamos de  memorias, sentimentos e sensações), e através da hipnose todos esses  questionamentos ficam em segundo plano, e, podemos então acessar a  história do indivíduo como ela realmente foi registrada.

Grande parte dos nossos pensamentos (arriscaria aqui dizer 90%) tem  origem inconsciente, onde a consciência não age ou compreende, baseando-se nas nossas vivências mais primárias, que hoje, se repetem. A hipnose  clinica vem na função de encontrar e conhecer a ORIGEM de pensamentos,  problemas, doenças, padrões, e comportamentos que se repetem com  frequência na nossa vida, e que nos limitam.

Muito se é discutido sobre sugestões mentais, e sobre moldar indivíduos e  seus padrões, e é claro, que sugestões incongruentes ou que não fazem sentido na vida do indivíduo não vão duram tempo suficiente (cito aqui o exemplo de “shows” de hipnose onde o profissional sugestiona que a pessoa esqueça seu nome, claro que em pouco tempo essa sugestão se desfaz e a pessoa torna a se lembrar) por isso o que acontece na Hipnoterapia é um trabalho profundo com o sistema de crenças, onde podemos olhar e entender porque aquele padrão se criou e então ressignificar, olhar de uma nova perspectiva, para que ele não torne a se repetir. Não é o transe que funciona, é o desejo de mudança, a hipnose vem para somar nesse desejo e dá ao sujeito um novo recurso para isso.

A hipnose e o terapeuta são estruturas catalizadoras dessa mudança, mas onde ela realmente acontece é no paciente, no desejo de mudar.

O que pode ser trabalhado em hipnose?

Basicamente tudo! Em hipnose podemos olhar desde padrões de vida como relacionamentos, padrão financeiro ou de relação com o dinheiro, transtornos diversos (ansiedades, compulsão, depressão, traumas,  transtornos alimentares), relação e comportamento com a comida, emagrecimento, habito de fumar, medos.

É possível ainda fazer progressões para uma situação futura, regressão para dessensibilizar ou compreender acontecimentos passados, e ainda podemos compreender o mecanismo (e porquês) de problemas/doenças físicas. Há um infinito leque de  possibilidades a respeito do que pode-se trabalhar em hipnose.

TÉCNICAS DE RESSIGNIFICAÇÃO

O que de fato é ressignificar? O mais comum a se pensar é trazer um novo significado, porém, é ainda retirar o AFETO de uma situação, ao ressignificar uma experiência, você está retirando o afeto que ela tem sobre você, ou seja, ela não lhe afeta mais, não retira suas melhores energias, não te atrapalha mais, nem te deixa nervoso, com raiva ou medo. Ressignificar não é ESQUECER, mas olhar de um novo lugar para aquela mesma situação, carregando com você novos recursos para lidar com ela.

Quando o significado muda, nós mudamos também, e mudamos ainda nossa maneira de agir e encarar aquilo. O significado de tudo o que nos acontece depende do filtro pelo qual enxergamos aquilo, a ressignificação é a mudança desse filtro, e portanto, a mudança do significado. A partir desse novo lugar podemos pensar e sentir de um novo lugar, e levar em consideração outros fatores, que talvez não eram vistos antes.

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO

A PNL é o estudo dos processos conscientes e inconscientes que combinados formam os padrões nos quais as pessoas vivem. A técnica usa três principais bases, como a palavra já diz a “neuro” que compõem os nossos processos cognitivos (e aqui incluímos comportamentos e sentidos, já que é através deles que desenvolvemos significados), e “linguística” que é a forma como organizamos as ideias e nos expressamos, através da linguagem. E por fim a “programação” que é a forma como unimos nossas duas bases anteriores, resultando na forma como agimos no dia-a-dia.

Portanto a programação neurolinguística, tem o objetivo de estudar esses mecanismos, e a forma como foram formados, a fim mudar os padrões e trazer à consciência o que está acontecendo. Só assim é possível modificar um padrão que vem sendo repetido há tanto tempo. Através da PNL é possível fazer a modelagem desses processos já operantes no sujeito e então alcançar o objetivo desejado.

Importante salientar que a programação neurolinguística não é uma terapia, mas uma técnica/ferramenta que é somada ao processo terapêutico com o objetivo de trabalhar a comunicação interna e externa.

CONSTELAÇÃO FAMILIAR

Constelação Familiar é uma abordagem recente, fenomenológica, sistêmica, desenvolvida pelo filósofo alemão Bert Hellinger, é um método psicoterapêutico que estuda os padrões de comportamento de grupos familiares através de suas gerações.

Quando nascemos, herdemos da nossa família não só a genética, mas todo o esquema de crenças e padrões de comportamentos, é no interior desse campo energético que crescemos e evoluímos, cada um, desde o seu nascimento ocupa um lugar único nesse sistema. No entanto nossa ancestralidade é bastante complexa, isso significa que nos é passado não só suas crenças e valores, mas ainda tudo aquilo que é mantido em segredo e levado adiante através da memória genética para todos os descendentes até  chegar em você.

A Constelação Familiar é uma técnica usada para tratar questões físicas e/ou  mentais que nos permite olhar para as dinâmicas uma família, que muitas vezes são desconhecidas. Por meio da constelação familiar é possível identificar esses acontecimentos que, mesmo desconhecidos, podem trazer problemas para a nossa vida e impedir que ela flua.

A constelação busca o esclarecimento, para que nós enquanto humanos  compreendamos que não há vítimas ou algozes, apenas pessoas tentando fazer o seu possível. E esse possível, acontece porque nos sentimos impedidos de fazer diferente, ou porque fomos tolhidos, ou porque aprendemos assim (quem nunca se viu criticando a mãe e anos depois reproduzindo o mesmo comportamento?).

Através da compreensão desses fenômenos, do entendimento da verdade por traz daquilo, e da liberação de todo o peso carregado, conseguimos então CURAR aquilo que estava adoecido, porque um novo significado foi atribuído para aquela situação e por fim, podemos olhar para aquilo de um novo lugar.

HIPNOSE PARA EMAGRECIMENTO

A Hipnose nada mais é que um estado elevado de concentração ou atenção focada, onde se reduz a concentração periférica. Este estado é atingido através da indução hipnótica, que proporciona ao indivíduo uma maior resposta ao procedimento ou sugestão.

A Hipnose muitas vezes é necessária porque há algo chamado faculdade  crítica, que sempre nos faz questionar o que é real ou não (e aqui falamos de  memorias, sentimentos e sensações), e através da hipnose todos esses  questionamentos ficam em segundo plano, e, podemos então acessar a  história do indivíduo como ela realmente foi registrada.

Grande parte dos nossos pensamentos (arriscaria aqui dizer 90%) tem  origem inconsciente, onde a consciência não age ou compreende, baseando-se nas nossas vivências mais primárias, que hoje, se repetem. A hipnose  clinica vem na função de encontrar e conhecer a ORIGEM de pensamentos,  problemas, doenças, padrões, e comportamentos que se repetem com  frequência na nossa vida, e que nos limitam.

Muito se é discutido sobre sugestões mentais, e sobre moldar indivíduos e  seus padrões, e é claro, que sugestões incongruentes ou que não fazem sentido na vida do indivíduo não vão duram tempo suficiente (cito aqui o exemplo de “shows” de hipnose onde o profissional sugestiona que a pessoa esqueça seu nome, claro que em pouco tempo essa sugestão se desfaz e a pessoa torna a se lembrar) por isso o que acontece na Hipnoterapia é um trabalho profundo com o sistema de crenças, onde podemos olhar e entender porque aquele padrão se criou e então ressignificar, olhar de uma nova perspectiva, para que ele não torne a se repetir. Não é o transe que funciona, é o desejo de mudança, a hipnose vem para somar nesse desejo e dá ao sujeito um novo recurso para isso.

A hipnose e o terapeuta são estruturas catalizadoras dessa mudança, mas onde ela realmente acontece é no paciente, no desejo de mudar.

O que pode ser trabalhado em hipnose?

Basicamente tudo! Em hipnose podemos olhar desde padrões de vida como relacionamentos, padrão financeiro ou de relação com o dinheiro, transtornos diversos (ansiedades, compulsão, depressão, traumas,  transtornos alimentares), relação e comportamento com a comida, emagrecimento, habito de fumar, medos.

É possível ainda fazer progressões para uma situação futura, regressão para dessensibilizar ou compreender acontecimentos passados, e ainda podemos compreender o mecanismo (e porquês) de problemas/doenças físicas. Há um infinito leque de  possibilidades a respeito do que pode-se trabalhar em hipnose.

Comece sua mudança interior agora!

Conheça, na prática, como eu trabalho em meus atendimentos!

Agendar meu atendimento!